Instalando um Painel Universal

Instalando um Painel Universal

14 de fevereiro de 2021 1 Por Eduardo Galli

Salve, Salve Miguelentos

Existe aquela galera que curte uma personalização, e um dos itens comuns a serrem substituídos, principalmente por marcar errado a velocidade/h é o Painel, portanto segue um tutorial breve de como adaptar o painel universal em sua miraginha.

Lembrando que a instalação é recomendada por um profissional, porém você mesmo pode fazê-la com um pouco de paciência, e alguns metros de fita isolante.

O processo descrito aqui, foi realizado em Minha Mirage 150 “Probleminha” e funciona super bem! com todas as funções.

Para este painel que irei abordar neste Post existem duas versões, uma com o sensor de velocidade por imã, e um outro com cabo assim como o original, porém o processo de instalação segue o mesmo padrão, inclusive com a configuração necessária, para tal procedimento.

Iniciando a Instalação:

Começaremos identificando os conectores do Painel, neste em questão possuem quatro conectores, que precisarão ser adaptados ao chicote original da Mirage, fica tranquilo aqui eu lhe trarei tudo mastigadinho, para facilitar sua vida, uma vez que quando adaptei o meu, padeci pela falta de informações. e principalmente pelo egoísmo de muitas pessoas em compartilhar informação.

Temos o 1º Conector do Painel (instrumentos)

Neste conector temos no painel um conector fêmea de 9 vias, recomendo a instalação de um conector macho com as ligações descritas abaixo.

  1. Azul Claro: Seta lado esquerdo (+12V), deverá ser ligado ao fio AZUL CLARO localizado na caixa do farol;
  2. Azul: Farol Alto (+12V), deverá ser ligado ao fio AZUL localizado na caixa do farol;

3. Marrom: Luz de posição (+12V), deverá ser ligado ao fio MARROM no conector do painel original localizado abaixo do tanque, ou também ao fio de mesma cor dentro da caixa do farol

4. Laranja: Seta lado Direito (12V), deverá ser ligado ao fio LARANJA dentro da caixa do farol;

5. Vermelho/Preto: Rotação do Motor (+12V), deverá ser ligado á bobina de ignição ou ao CDI, utilizando o fio de cor PRETO/AMARELO disponível no chicote abaixo do banco, ou juntamente com o conector da bobina de ignição localizada abaixo do tanque de combustíveis.

6. Verde: Negativo, ( – ) deverá ser ligado ao aterramento da moto.

7. Azul/Branco: Boia de combustíveis (- 12V), este fio recebe sinal negativo vindo da resistência da boia de combustíveis do tanque (problema crônico da mirage, caso não funcione a sua recomendo substituir) deverá ser ligado ao fio AMARELO/BRANCO disponível no chicote abaixo do tanque de combustível.

8. Vermelho: (+12V) Bateria, deverá ser ligado ao positivo direto, fio VERMELHO, ou diretamente ao polo positivo da bateria de sua moto.

9. Preto: (+12V) Pós chave, este deverá ser ligado ao fio PRETO, correspondente ao positivo pós chave localizado dentro da caixa do farol.

Uma vez realizado as ligações necessárias partiremos para o segundo conector correspondente as marchas de sua moto.

2º Conector

Neste conector temos também duas tomada fêmea, uma com 6 fios e uma segunda com dois polos porem apenas um fio (para mirage não utilizamos – pois corresponde á 6º marcha) que no caso precisará para sua instalação de dois conectores tipo macho para sua instalação.

Um dos conectores seguira logo após o painel, e o segundo deverá ser ligado a tomada disponível próximo a caixa da bateria, abaixo do banco, lembrando que esta tomada recebe apenas sinal ( – ) negativo, pois bem vamos aos fios.

  1. Verde/Vermelho: Neutro, deverá ser ligado ao fio VERDE/VERMELHO localizado na tomada do painel original, embaixo do tanque de combustível, e também na tomada abaixo do banco próximo a bateria, porém neste caso recomento um jumper entre o fio existente e a tomada do sensor, pois algumas funções de sua moto dependem deste contato;
  2. Rosa: 1º Marcha deverá ser ligado ao fio de cor ROSA, disponível na tomada do sensor localizada abaixo do banco;
  3. Azul/Vermelho: 2º Marcha deverá ser ligado ao fio de cor AZUL/VERMELHO, disponível na tomada do sensor localizada abaixo do banco;
  4. Verde/Preto: 3º Marcha deverá ser ligado ao fio de cor VERDE/PRETO, disponível na tomada do sensor localizada abaixo do banco;
  5. Amarelo/Preto: 4º Marcha deverá ser ligado ao fio de cor AMARELO/PRETO, disponível na tomada do sensor localizada abaixo do banco;
  6. Amarelo/Branco: 5º Marcha deverá ser ligado ao fio de cor AMARELO/BRANCO, disponível na tomada do sensor localizada abaixo do banco;

Tomada auxiliar:

  • 1-A. Verde/Azul: 6ª Marcha, não possui função atribuída na Mirage 150 porém pode ser utilizado como identificação de sistema de bloqueio ativado.

Caso seu painel seja com cabo, basta conectar o cabo do velocímetro e partir para configuração.

Dica do gordo

Instalando o Sensor de Velocidade

Uma vez todas as marchas instaladas, agora partimos para um processo um pouco chato, para o painel com sensor por imã de velocidade, pois necessitará a fabricação de um suporte, seguindo o formato abaixo:

Uma vez fabricado o suporte, vamos a instalação, recomendo que o fio original do sensor, seja substituído ou reforçado, pois por ele ser muito fraquinho ele é facilmente quebrado, assim como no meu caso, que quebrou com duas voltinhas na cidade, a força do vento quebrou apenas um dos fios fazendo com que a velocidade não fosse medida, problema facilmente resolvido com a troca do fio por outro de 3 vias, o mesmo cabo de força dos computadores. outra forma de evitar isso é revestindo o frágil fiozinho com uma capa de cabo de embreagem.

3º Conector

Esta possuí 3 fios, e basta conectar ao fio do sensor.

  1. Vermelho/Branco: Positivo
  2. Preto/Branco: Sinal do Sensor
  3. Verde: Negativo

Quanto ao Imã recomendo que faça um furo (10mm normalmente o tamanho do imã) no disco de freio entre os furos que o prendem a roda dianteira.

Pois bem, elétrica pronta, adaptação realizada, agora precisaremos configurar o painel para que funcione corretamente, o registro de velocidade e Km percorrido

Abaixo do Painel, existe um único botão, e é ele quem manda na “porra toda”, portanto inicialmente ligue a chave segurando este botão por 3 segundos para selecionar seu sistema de medida, Km ou Mi, e claro que você irá selecionar Km afinal você não está afim de andar por aí aqui no Brasil com um painel em Milhas/hora

Para acessar as configurações segure o botão por 5 segundos após ligar a moto.

As configurações do painel, estão divididas em cinco etapas onde na primeira, configuramos o tamanho do pneu, na segunda a quantidade de imãs, na terceira a quantidade de cilindros (RECOMENDO NÃO ALTERAR ESTE PARÂMETRO, POR PADRÃO DE FÁBRICA ELE VEM CONFIGURADO PARA 1 CILINDRO, PORÉM QUANDO ALTERADO NÃO HÁ COMO REVERTER, SENDO POSSIVEL APENAS SELECIONAR 2 OU 4 CILINDROS), na quarta etapa de configuração, será a quantidade de fios da boia de combustível, no caso da mirage são apenas dois fios, e na ultima etapa você possui a possibilidade de zerar o odômetro parcial “trip” caso esteja realizando média de consumo ou algo do tipo. para sair do modo configuração basta segurar o botão por 3 segundos, ou desligar a moto.

PRIMEIRO PARÂMETRO: TAMANHO DO PNEU

Esta é a configuração mais importante de todo o seu painel, afinal é ela quem determina a velocidade exibida em seu painel, ou seja se ela estiver incorreta poderá exibir uma velocidade inferior a percorrida ocasionando uma bela de uma multa caso esteja acima da velocidade permitida, enfim a dica aqui neste passo é informar um valor no mínimo 2% menor, pois faria que seu painel tivesse uma “margem” inferior a velocidade real, evitando multas por excesso de velocidade nos radares por exemplo. na Probleminha deixei 2% ela marca 3km/h menos que o real

Assim que entramos no modo configuração, este é o primeiro parâmetro, e funciona da seguinte forma, você deverá informar o tamanho da circunferência de seu pneu, onde existe um cálculo matemático para tal feito.

1º Tire a medida do raio da roda. meça com uma trena a altura do centro do eixo dianteiro até o chão;

2º Pegue o a medida obtida e converta ela em milímetros (basta multiplicar por 10) , pronto você terá o raio!

3º Agora calcule 2 x Pi (3,14) x raio (valor obtido no passo anterior)

É um saco, mas é preciso! ou leia o próximo paragrafo atentamente!

Ironicamente, após sofrer feito um cão condenado, estava lavando a Probleminha dias depois de instalar o novo painel quando percebi próximo ao cubo, em sua roda maravilhosa, lá estava a circunferência gravada em milímetros, com o valor exatamente igual ao obtido pelo cálculo anterior. de qualquer forma ódio a parte, caso não esteja em sua Mirage o valor da circunferência, é só obtê-lo com o cálculo acima.

Com a medida em mãos vamos inserir no painel, após entrar nas configurações você irá perceber o número piscando, basta você clicar rapidamente no botão para alterar, assim que inserir o digito ele avança para o próximo automaticamente basta realizar o mesmo procedimento para os demais, informando o resultado obtido no cálculo ou visto na roda, a circunferência do pneu padrão é 1871 mm, este painel comporta pneus com circunferência entre 500 e 2600 mm.

Finalizou a inserção da circunferência do pneu? Pressione e segure o botão por 3 segundos para salvar sua configuração e avançar para a 2ª etapa.

SEGUNDO PARÂMETRO: QUANTIDADE DE IMÃS

Neste parâmetro é possível configurar a quantidade de imãs instalados, eu recomendo a instalação de apenas um imã apenas, para que você tenha um conforto visual com a atualização da velocidade percorrida, por com mais imãs pense ele irá alterar a cada passada do imã pelo sensor, por esta razão recomendo a configuração e instalação de apenas 1 imã.

No painel, você verá a seguinte informação C–02, para alterar basta clicar rapidamente no botão de configuração, é possível inserir de 1 á 12 imãs. após configurar basta segurar o botão por 3 segundos para salvar e avançar para a próxima etapa.

TERCEIRO PARÂMETRO: CILINDROS

Neste parâmetro você irá inserir a quantidade de cilindros de sua moto, originalmente este painel, vem configurado para um cilindro, que é o caso de nossas miraginhas, caso altere este valor somente será possível alterar para 2 ou 4 cilindros, gerando uma leitura incorreta do conta-giros porém para alterar basta seguir o mesmo procedimento dos outros parâmetros , um clique rápido para mudar o valor e segurar o botão por 3 segundos para salvar.

Porém para sair deste parâmetro sem alterá-lo basta segurar por 3 segundos assim que entrar na terceira etapa da configuração, avançando diretamente para a configuração da boia de combustíveis.

QUARTO PARÂMETRO: BOIA DE COMBUSTÍVEL

Neste parâmetro você poderá configurar a quantidade de fios de sua boia de combustível que por padrão em nossas miraginhas são de dois fios!

Para alterar 1 clique rápido para mudar e um clique longo de 3 segundos para avançar para o próximo parâmetro.

QUINTO PARÂMETRO: DISTÂNCIA ACUMULADA

Neste parâmetro você apaga a distância curta acumulada, lembrando que esta é reiniciada a cada 200 km, mais utilizada para fazermos a média de consumo de combustível normalmente.

Basta segurar o botão por 1 segundo e novamente segurá-lo por 3 segundos para salvar a configuração, após isso você perceberá que seu painel irá reiniciar, e se você seguiu passo a passo todas as dicas deste post. você concluiu com sucesso a instalação e ajustes de seu painel.

Agora é só curtir sua Miraginha com painel digital…

Espero que tenham gostado desta postagem, pois achei necessário trazê-la aqui pois depois que comprei o painel, passei cerca de uma semana buscando informações sobre a instalação, que só foi possível após acompanhar 5 vídeos distintos no youtube, com a instalação do mesmo painel em outras motos.

Galera, não deixem de assinar nossas newsletters para ficar por dentro de tudo que rola aqui no portal Mirageiros.Net.

Bons Ventos a todos!!!

image_pdfBaixe este Conteúdo em PDFimage_printImprima este Conteúdo